. o mundo colorido de Katy Perry

Ou você odeia a música dela com todas as forças ou ama de paixão. Ou você acha que a voz dela flutua impecável ou que é um mero produto do Auto Tune, a máquina do tom perfeito. Ou você se sente instigado e/pou excitado pelo modo como ela se veste, toda retrô, de modo burlesco, com cupcakes felizes e sorridentes para arrematar, ou você é como aquelas mães da PTA (Parent-Teacher Association, algo como Associação de Pais e Mestres) odiadoreas de decotes, que baniram o dueto da cantora com o personagem Elmo no programa Sesame Street (no Brasil, Vila Sésamo). É uma daquelas coisas que Katy Perry tem, quase tudo o que ela faz, diz, veste ou não veste pede uma reação extrema. Mas tudo o que ela quer fazer é tocar sua música. (Rolling Stone Brasil – Nº60)

depois do seu show no Rock in Rio ter recebido algumas críticas, chegou a hora de conferir se era verdade no show de São Paulo, que aconteceu dia 25/07 lá na Chácara do Joquei.  Pois é, não era, pelo menos não nesse show que encantou todo mundo que estava lá.

Em um cenário mega colorido, com direito a historinha no telão no formato Alice-in-Wonderland, mil trocas de roupas e uma simpatia inigualável, Katy Perry conseguiu deixar todo mundo que estava presente apaixonadinho por ela e por isso (e porque eu também fiquei apaixonadinha) que resolvi fazer esse post para mostrar a Katy Perry fora dos palcos (mas ainda sendo Katy Perry).

O que eu mais gosto dessa Katy fora dos palcos são as roupas que ela parece por ai, que são ao mesmo tempo coloridas e bonitas. Os looks, na grande maioria das vezes, não ficam exagerados como se fosse a Lady Gaga, mas ficam bonitos e charmosos. A única coisa que eu não gosto é essa mania dela aparecer as vezes com peruca, especialmente a azul. não importa que é característico, eu acho péssimo e estraga tudo! haha

reparem também que os figurinos do show são bem mais coloridos e cheio das coisas do que as roupas que ela usa normalmente em eventos ou pra sair de casa . Deve ser isso que ela comenta no outro trecho da reportagem que eu coloquei no final do post :)

Mas e a foto que Russell tuitou para o mundo, em que ela está com uma cara mais ou menos igual à que está agora? [a entrevista acontece e a Katy tinha acabado de acordar] Ela não ficou puta?

“Não fiquei puta”, ela afirma. “Quero dizer, não dá para se montar como um traveco todos os dias da semana. Essa é só uma parte exagerada da minha personalidade. Sou eu ampliada. O meu exterior é um pouco mais sorridente do que meu interior. Meu interior é um pouquinho mais sério. Então aquela foto mostra que sou uma mulher normal, comum, que tem sonhos realmente grandes. Serve como encorajamento para todas as garotas, mostrando que elas podem também ser como um desenho animado maior do que a própria vida.” (RS nº60)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s