. por um verão mais amarelo

nunca gostei de amarelo. É uma cor meio “olha gente, cheguei!” e o amarelo clarinho é bem estranho, cor meio morta. Mas faz alguns meses que tenho visto em blogs e sites de moda que a tendência de próxima estação é o bendito do amarelo! Não fiquei muito feliz e animada quando comecei a ler esses posts, mas agora tenho que admitir que, depois de ver milhares de combinações, minha relação com o amarelo vem mudando.

Acho que o amarelo combina direitinho com os dias quentes que nos aguardam, ainda mais combinado com uma série de cores que fazem o amarelo parecer mais bonito ainda. Não posso dizer ainda que mudei de idéia quanto ao amarelo clarinho, mas quem sabe um dia :) Continuar lendo

Anúncios

. alta-costura em papel

They chose the dress story, so we set to work designing dresses. We really wanted to create something beautiful from a material that doesn’t normally lend itself to being draped and shaped on a living being, it had to be apparent that it was paper, but not because it looked shit.
For about a week we toiled in the studio creating designs with tissue and brown paper, a real Jack and Jill, seeing what would work and what wouldn’t, a lot more didn’t work than did, paper is not a malleable material, but eventually the idea showed itself to us and we had five dresses and props that we’d make.

Esse foi o desafio do Matthew Brodie, criar alguns modelos de vestidos para a revista Madame Magazine, e ele escolheu como material nada menos do que papel! Imaginem como deve ser difícil trabalhar com esse material!!

Eu adoraria usar esse vestido-apontador :P

Continuar lendo

. papel de parede ou floor design?

Eu amo papéis de parede. Desde pequena minha mãe decora nossos quartos com os mais variados papéis, mas nunca uma decoração extrema, como aqueles papéis que vão desde o chão até o teto, eram sempre aquelas faixinhas no meio da parede ou perto do teto.

Enquanto procurava alguns modelos para postar aqui, me deparei no Fresh Home com um modelo inusitado de decoração, o que eles chamam de floor design, e eu aqui, chamei de “papel de chão”. Vocês podem reparar que eles não são somente pisos diferentes, mas parecem realmente papéis de chão parede . Achei bem bacana mas acho que nunca me deparei com esse tipo de decoração em nenhum lugar. A não ser a conhecida madeira. Continuar lendo

. a moda pin-up

            O termo “pin-up” surgiu na década de 40 e foi atribuído às mulheres sensuais de calendários, cartões postais e propagandas da época,  que eram pendurados (“pin-up” em inglês) nas paredes, principalmente pelos soldados em guerra.

            Elas tinham seu estilo marcado pela feminilidade e sensualidade exibida de forma inocente e, ao mesmo tempo, provocativa. Desde o começo, essas mulheres são conhecidas por fazerem um jogo de “mostra e esconde”. É sensual, porém não é vulgar. Em suma, o conceito de uma “pin-up” é ser atraente sem mostrar muito de seu corpo.

Achei esse comecinho de um trabalho meu da faculdade, perfeito para começar esse post que, por mais que não queira dar uma introdução,  é legal relembrar quem eram as pin-ups. Continuar lendo